(11) 3201-2000

Notícias › 05/10/2018

Big Brother integrado vai monitorar complexo hospitalar em SP

Projeto inédito de segurança preventiva, com videomonitoramento e Internet das Coisas, cobrirá área de 600 mil m2 na capital

A região do Hospital das Clínicas (HC), considerado maior complexo médico da América Latina, vai sediar o primeiro projeto integrado de segurança preventiva do Brasil. Na prática, as policias civil e militar e mais a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) vão compartilhar os dados coletados pelas câmeras de videomonitoramento e os recursos de Internet das Coisas (IoT) na área de 600 mil m2. Nesse perímetro estão 8 institutos especializados que concentram um fluxo diário de 45 mil pessoas.

O projeto é encabeçado pela Associação Brasileira das Empresas de Sistemas Eletrônicos de Segurança (Abese). Segundo a entidade, será o primeiro do país com o nível de integração proposto. A coordenação do sistema será feita pela chamada Comissão de Segurança Inteligente (CSI).

Projeto vai avançar para o entorno dos shopping centers da capital 

“O propósito da Comissão de Segurança Inteligente é o trabalho nos entornos dos grandes estabelecimentos, com objetivo de implantar tecnologias qualificadas para coleta de informações, que serão subsídio para os agentes da segurança pública no combate à violência”, afirma Selma Migliori, presidente da Abese. De acordo com ela, o local foi escolhido pelo “alto número de pessoas que circulam diariamente no HC”.

Esta é a primeira fase da iniciativa, que na sequência contemplará o entorno de shopping centers, sendo o Eldorado o próximo projeto a ser executado. Nesse caso, a integração das câmeras do empreendimento comercial com os sistemas City Câmera, da Prefeitura de São Paulo, e o Detecta, da Polícia Militar, marca o começo da iniciativa.

Fonte: InfraRoi

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.